criadora de magia

Conheci uma rapariga que era formada em belas artes e trabalhava com a arte através de casa. Toda a gente se questionava: mas ela ganha vida assim?
Ela foi uma inspiração para mim. Com essa inspiração trouxe a Joana Sem Jeito ao mundo.
Deixei-me de tretas e do medo de tudo o que poderia correr mal.
Deixei de dar ouvidos àqueles que duvidavam de mim e coloquei cá fora a magia que vinha cá dentro de mim. 

Eu estava num curso que me dava medo e que nunca me imaginei conseguir entrar, estava na área de artes!

Ao longo do tempo comecei a ganhar o gosto por todos os trabalhos académicos que aquela área me trazia e todas as capacidades que eu tinha e que não sabia. No entanto, muita gente me dizia que não tinha jeito para a coisa, que tinha que ser mais perfecionista, que talvez aquilo não fosse para mim. Mas isso não me fazia sentido, eu adorava o que fazia. Mesmo sendo desajeitada.

Depois de sair da faculdade, a minha alma direcionou-se para o que fazia nas aulas e projetos académicos. Só quando me libertei da crença que só seria bem sucedida se tirasse um curso superior é que dei asas à Joana Sem Jeito. Arrisquei. Contra a opinião de todos.
E a Joana Sem Jeito nasceu. 

O que aprendi e continuo a aprender com esta jornada:

A magia existe.

Eu acredito em mim.

Eu posso inventar sempre novas maneiras de me expressar e de mudar o mundo.

Os obstáculos existem para nos trazer uma lição.

O que os outros dizem não me define.

Eu posso ser o que eu quiser.

Não é por alguém dizer que não dá certo ou que não traz sucesso que assim o é.

Teremos sempre sucesso se vivermos alinhados com aquilo que faz a nossa alma vibrar.

Tenho também um blog
onde escrevo se quiseres espreitar!

©2019 by Joana Sem Jeito